Nicotina, níquel e arsénico, substâncias radioativas, monóxidos, etc

O assinalar do Dia Mundial do Não Fumador coincidiu com o debate sobre a nova lei do tabaco, que afinal só deverá ser aprovada em 2014… e ainda com algumas “cedências” para os próximos 8 anos.

Numa altura em que a poluição atmosférica ganha contornos preocupantes a nível mundial, a poluição que um fumador exerce, a nível do seu próprio organismo e também à saúde dos que o rodeiam, está na ordem do dia.

Quando, de acordo com os especialistas, “mais de um terço das mortes por patologias cardiovasculares é devido ao fumo do tabaco”, torna-se imperativo que o Governo crie condições para que os portugueses deixem de fumar, opina um renomado pneumologista, apoiado por números que deveriam ser assustadores – tanto quanto as mensagens impressas nos maços de tabaco!

Assim, o tabagismo:
– É responsável por 12% da taxa de mortalidade em Portugal, causando
doenças como o cancro do pulmão, doença pulmonar obstrutiva crónica e doenças cardiovasculares;
– Diminui, em mais de uma dezena de anos, a esperança média de vida;
– Representa gastos avultados para o fumador e para o Estado, designadamente com consultas, medicamentos e internamento hospitalar.

Por tudo isto, e segundo a OMS, o tabaco é considerado como a principal causa de morte evitável pelo ser humano!

Com o Dia Mundial do Não Fumador pretende-se criar condições para que os portugueses deixem de fumar, o que inclui tanto as ações para que se abandone esse hábito como também a sensibilização dos mais novos para que não iniciem o consumo!

blog 21-11.3

NOVA LEI AINDA DEMORA…

E o Governo, a quem se pede tome medidas que defendamestes objetivos, veio agora dizer que a nova lei está pronta, mas que só deverá ser aprovada em 2014…

Foi no decurso de uma conferência internacional sobre prevenção e controlo do tabaco (agora realizada em Lisboa), que o secretário de Estado adjunto do Ministro da Saúde, Leal da Costa, explicou que a nova lei deverá coincidir com a conclusão de uma diretiva europeia que defina ainda algumas regras, como por exemplo a dimensão dos avisos colocados nos maços de cigarros.

Sabe-se, para já, que o fumo do tabaco será proibido em todos os restaurantes, bares e discotecas, tendo o Governo assumido que a lei em vigor “é errada”, já que previu a existência de espaços para fumadores em locais públicos, incluindo os da Restauração.

OS “MAS” DA NOVA LEI…

Uma questão é que a nova lei vai introduzir um período de transição que pode ser de oito anos para que seja completamente proibido fumar em restaurantes, bares e discotecas, de forma a que os comerciantes se adaptem…
E também não será proibido que se fume em automóveis particulares com crianças a bordo! 🙁
“Temos de legislar pacientemente e com senso”, assegurou o secretário de Estado.
Mas como seria bom que pelo menos as crianças ficassem protegidas… – dizemos nós! 🙂

***

Na próxima semana poderemos ver por escalões etários e sexo, quem mais fuma em Portugal e que medidas de prevenção irão ser tomadas, designadamente junto aos mais novos… mas não só!

Entretanto, em NÚMEROS da Direcção-Geral da Saúde:

TABACO MATOU 10.600 PORTUGUESES!

blog 21-11

O tabaco foi responsável, no ano passado, pela morte de10.600 pessoas em Portugal, o que corresponde a cerca de 10% da mortalidade global na população com mais de 30 anos, revelam dados da Direção-Geral da Saúde. E, segundo relatório agora publicado, a região do Alentejo era, em 2011, a que tinha a mais elevada taxa de mortalidade por doenças associadas ao tabaco.
Ainda segundo a mesma fonte, a esmagadora maioria (mais de 90%) dos portugueses começa a fumar antes dos 25 anos, com oito em cada 10 fumadores a iniciarem o consumo pela influência dos amigos.

banner-airfree-ptPowered by Rock Convert
Close Menu