Animais de estimação

Não lhes seja alérgico!!!

Sim, os amorosos bichinhos que tanto nos enternecem podem ser causa de alergias…Mas nem por isso precisa de os afastar completamente da sua vida!

Aqueles animais “fofinhos” em que gostamos de pegar e acariciar eliminam substâncias às quais podemos ser sensíveis. Os sintomas são claros: espirros, olhos inchados e lacrimejantes, comichão e (ou) pingo no nariz, pele irritada…

Apesar de não serem imediatas, estas reações podem acontecer e é com base nelas que se descobre se existe  sensibilidade à sua presença.

Por exemplo, para quem tiver asma, o simples contato com um gato pode causar uma crise grave.

De facto, além dos sintomas mais comuns acima descritos, podem aparecer reações mais sérias, tais como asma, com dificuldade de respiração, tosse e catarro, bem como urticária, edema em várias partes do corpo, comichão generalizada ou dermatite de contato.

Miauuuu!!! 

Podemos até ser mais sensíveis a uma raça do que a outra, mas quem for alérgico, é alérgico a todas – principalmente se o animal em questão for um gato!

Eles, dentre todos os bichos de estimação podem ser os mais problemáticos, pois lambem-se constantemente, espalhando os seus alérgenos da saliva para o pêlo. As partículas de alérgenos produzidas por gatos são pequenas e voam para o ar quando o pêlo seca, podendo flutuar por várias horas, mas também andar por terra, prender-se a roupas e serem transportados a outros ambientes, onde inclusive nenhum gato tenha colocado a patinha… 🙂

Ou seja, as pessoas não têm propriamente alergia aos gatos e cães, mas sim às substâncias que eles libertam através de glândulas espalhadas pelo corpo. É a descamação que causa as alergias e por isso não faz diferença se o animal tem pêlo curto ou longo: ele vai sempre causar “irritação”!

Cachorros, periquitos & Cia…

Já o “melhor amigo do Homem” provoca alergias menos intensas e frequentes do que o gato, ainda que a sua saliva e pêlo também contenha alérgenos. E embora os cachorros não se limpem com a mesma disposição que os gatos, muitos deles gostam de nos lamber, o que pode provocar reações alérgicas.

Pássaros, hamesters, porquinhos da Índia, coelhos e cavalos podem igualmente afetar indivíduos mais sensíveis. No entanto, anfíbios e répteis não causam alergia (mas por favor, não os tenha em casa! Imagine se eles fogem e vão cumprimentar os vizinhos!!! 🙁

Quanto aos Peixes parecem estar relativamente livres de alérgenos, mas deve-se tomar cuidado com os esporos de fungos que crescem à volta do aquário.

 Posto isto, o melhor é confirmar, através de um teste médico, se tem alergia. Se tiver, o ideal é não adotar um animal, mas se o fizer, mantê-lo o mais possível fora de casa, com um regime de distanciamento e limpeza frequente.

Se não tiver alergias, mas mesmo assim houver receio porque planeia ter filhos que podem ser alérgicos, uma boa notícia: de acordo com pesquisas, a exposição de crianças a animais de estimação no seu primeiro ano de vida reduz pela metade a hipótese de alergia!

banner-airfree-ptPowered by Rock Convert