fbpx

Campanha da OMS para o dia mundial sem tabaco

 

O tema do Dia Mundial sem Tabaco, que hoje se assinala, está longe de ser “pacífico”: padronização das embalagens dos maços com imagens de que queremos desviar o olhar… Será que vão ajudar muitos fumadores a largar o hábito?

parar_de_fumar_sem_engordar

A nova rotulagem, que teve o seu início nos maços desde 20 de maio, apresenta, em ambas as faces, advertências combinadas que passam por frases de alerta e por imagens a cores no mínimo chocantes, com o objetivo de reduzir a procura do produto, ao mostrar a gravidade das diversas doenças que lhe estão relacionadas.

A Campanha, promovida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para este Dia, prevê o período de um ano para escoar as embalagens antigas.

Com as novas, que constam de maços de tabaco já a ser vendidos em introdução gradual no mercado, a ideia é também (escusado seria dizer ao ver essa “galeria de horrores”) reduzir a atratividade dos produtos, que agora passam a ser iguais – à exceção do teor dos malefícios mostrados em cada maço.

Criado em 1987 pela OMS, o Dia Mundial sem Tabaco representa um alerta sobre as doenças e mortes evitáveis relacionadas ao tabagismo, mas visa também proteger os fumadores passivos que integram os números dramáticos das mortes anuais: 600 milhões de pessoas. Destes, 600.000 não fumam, mas morrem igualmente.

PULMONALE:

Medidas complementares precisam-se!

Sobre as embalagens dos novos maços de tabaco, vamos ainda conhecer a opinião, sobre esta matéria, do Prof. Dr. António Araújo, presidente da Pulmonale – Associação Portuguesa de Luta contra o Cancro do Pulmão.

Diz o especialista:

“A experiência passada, quando foram colocadas frases que avisavam explicitamente sobre os malefícios do consumo de tabaco, e a experiência de outros países que já introduziram imagens semelhantes, mostram que o impacto nos fumadores é relativamente pequeno. Os viciados em tabaco rapidamente se habituam ao que é, agora, considerado chocante e há sempre a desculpa de que tal só acontece aos outros.

Esta medida só é importante se adicionada a todo um outro conjunto de medidas, como a implementação dos conceitos de vida saudável desde a escola primária, o aumento dos impostos sobre o tabaco, a proibição de venda a menores e do consumo em todos os locais fechados, a comparticipação dos medicamentos que ajudem a deixar de fumar, a facilitação de acesso a consultas de cessação tabágica e ações de sensibilização nos locais de trabalho para os adultos.”

www.pulmonale.pt

banner-airfree-ptPowered by Rock Convert
Close Menu