Dormindo com o Inimigo?   11 dicas para controlar os ácaros em casa

Dormindo com o Inimigo? 11 dicas para controlar os ácaros em casa

Estudos mostram que os ácaros podem ser os principais componentes da poeira doméstica.


Em todas as residências existem diversas espécies destes microscópicos inimigos conhecidos como ácaros. Eles preferem locais porosos e húmidos, e com oferta de alimento (fragmentos de pele, fungos).

Por isso, os ácaros encontram-se com maior frequência nos nossos colchões, travesseiros e cobertores, mas também sofás, tapetes, cortinas e peluches.

Com estas 11 dicas, saiba como lidar com os ácaros, em casa:

1 – Controle a humidade, ventilando os ambientes diariamente, principalmente os quartos.

2 – Exponha os colchões, travesseiros, edredons, peluches e almofadas ao Sol. Esta medida pode eliminar os ácaros presentes na superfície, mas é incapaz de fazer desaparecer os que estão em regiões mais profundas. Assim, o seu efeito é de auxiliar das outras medidas.

3 – Utilize capas anti ácaro em colchões e travesseiros, preferencialmente de algodão. Elas impossibilitam que os ácaros presentes nos colchões e travesseiros entrem em contacto com os nossos narizes durante a noite.

4 – Mude, de preferência todas as semanas, os lençóis, fronhas e cobertores das camas, e lavá-los com água acima dos 55°C. O mesmo procedimento serve para peças de roupa guardadas há muito tempo nos armários.

5 – Após a lavagem das roupas, caso não vá utilizá-las, armazene-as em embalagens a vácuo que retiram o oxigénio de que fungos, bactérias e ácaros necessitam para proliferar.

6 – Não utilize cobertores e travesseiros de penas.

7 – Ao acordar, espere pelo menos 1 hora para fazer a cama, ou faça-a mais tarde, para que a humidade despendida pelo corpo durante a noite seja dissipada.

8 – Recorra aspiradores de alta eficiência, dotados de filtros HEPA, que retêm mais de 99% das partículas microscópicas, o que inclui ácaros e os seus alérgenos.

9 – Para a limpeza dos móveis e pisos onde não se utiliza aspirador, prefira passar apenas um pano húmido, evitando que a poeira seja aerolizada.

10 – Recorra a um purificador de ar para reduzir drasticamente a quantidade de alérgenos de ácaros, fungos, bactérias e vírus na sua casa. Pode assim aliviar as doenças alérgicas e prevenir o seu aparecimento.

11 – Para limpar peluches, que acumulam tantos ácaros (sendo importante reduzir a sua quantidade nos quartos de dormir), ficam alguns passos a seguir:

●      Quando não existir o risco de desbotar, os peluches podem ser lavados com água acima dos 55°C. Prefira os dias de sol e coloque-os ao ar livre logo após a lavagem.

●     Secadoras de roupa também auxiliam no processo de redução de ácaros, devido à alta temperatura e por retirarem a humidade rapidamente.

●     No caso de bichinhos pequenos, pode colocá-los por 24 horas no congelador. Isto mata os ácaros, mas também aumenta a humidade do material, por isso coloque de imediato o brinquedo ao sol, para que seque rapidamente.

QUE QUANTIDADE DE ÁCAROS PODE CAUSAR UMA REAÇÃO ALÉRGICA?

Estudos mostram que 100 ácaros por grama de poeira são responsáveis por gerar uma sensibilização do alérgico, com reações que podem ser menos severas. Já 500 ácaros por grama de poeira podem levar a uma crise alérgica ou asmática.

Um colchão pode conter 10 milhões de ácaros, e por isso não os conseguiremos eliminar completamente, mas é importante que o alérgico tome medidas que diminuam a quantidade desses microscópicos seres, nos nossos lares.

Eles necessitam de água para sobreviver, mas não a bebem, absorvendo-a através do ar. Por isso a “receita” para os controlar não poderia ser mais “caseira”: é preciso controlar a humidade, já que esta é necessária à sobrevivência desses seres.

Leia também: https://blog.airfree.pt/alergias-respiratorias/

banner-airfree-ptPowered by Rock Convert
Close Menu