Alergias respiratórias

O que são? Uma resposta de hipersensibilidade imunológica mediada de forma específica a um alérgeno.

Como se manifestam? Diversas condições, como urticária, angiodema, anafilaxia, dermatite atópica, entre outros sintomas.

 

Ácaros, fungos e bactérias: Ameaças no ar, para além do vírus!
ameaças para além do vírus

Ácaros, fungos e bactérias: Ameaças no ar, para além do vírus!

Continue Reading Ácaros, fungos e bactérias: Ameaças no ar, para além do vírus!

É comum que em países desenvolvidos a rotina diária esteja associada a longos períodos em ambientes internos, como escritórios ou até mesmo casas de habitação. As pessoas saem de um ambiente fechado para o outro, transitando entre espaços com pouca circulação de ar externo e muita aglomeração. Além disso, com a urbanização começámos a adquirir mais produtos em móveis e têxteis, como sofás, tapetes, carpetes, e aumentámos a temperatura interna dos ambientes, para os deixar o mais confortáveis possível. O problema é que esse bem-estar não é apenas para nós, mas também para os microrganismos, a exemplo de ácaros, fungos e bactérias, que acabam por proliferar mais rapidamente nesses espaços.  Vivendo com o inimigo... Os nossos olhos não os podem ver, mas eles estão…

Bronquite infantil: Como identificar e tratar.
como identificar e tratar a bronquite infantil

Bronquite infantil: Como identificar e tratar.

Continue Reading Bronquite infantil: Como identificar e tratar.

A bronquite e bronquiolite afetam, em Portugal, de 30 a 60% das crianças até aos 3 anos. Conheça as causas e os principais sintomas. A bronquite costuma ser associada a pessoas mais velhas, que desenvolvem inflamações pulmonares crónicas e sofrem com tosse constante, chiado no peito e produção exagerada de muco. Geralmente são fumadores, mas também indivíduos expostos à queima de carvão, que utilizam fogão a lenha, ou pessoas que vivem em cidades com alto índice de poluição. Esta doença tem duração prolongada e pode permanecer por meses consecutivos, sem possibilidade de cura. Em Portugal, trata-se de uma condição muito frequente, cuja prevalência aumenta conforme a idade, sendo de aproximadamente 12,5% nos homens e de 10,2% nas mulheres entre os 75 e os 84…

Pólenes do Ar: Como lidar com seus altos níveis
como lidar com altos níveis de pólen

Pólenes do Ar: Como lidar com seus altos níveis

Continue Reading Pólenes do Ar: Como lidar com seus altos níveis

Em plena primavera e quase a chegar ao verão, o tempo continua a trazer-nos alguns “passageiros” adicionais… De tamanho microscópico, impossíveis de visualizar a olho nu, os pólenes do ar são de facto visitantes indesejados,  pelas alergias que podem causar.  Libertadas por algumas plantas, essas partículas minúsculas podem ser transportadas pelo ar através de grandes distâncias. Quando a concentração no ar de alguns grãos de pólen alcança determinados níveis, as pessoas que lhes são sensíveis desenvolvem, ao entrarem em contacto com eles, transtornos alérgicos.  Como se desencadeia uma reação alérgica Em Portugal a alergia ao pólen é relevante, ocupando o primeiro ou segundo lugar no número dos indivíduos alérgicos, dependendo da região. Em áreas com altos níveis de pólenes, quase 50% dos indivíduos alérgicos…