SPP QUER QUE OS JOVENS ABANDONEM… A “CHUPETA”!

 

fumo-1068x1510

A 31 de maio assinala-se o Dia Mundial Sem Tabaco. Combater o tabagismo na adolescência é sempre um dos objetivos da Sociedade Portuguesa de Pneumologia, que este ano utilizou o símbolo infantil da chupeta para ridicularizar o ato de fumar…

 A ideia foi dizer que fumar é tão ridículo quanto usar chupeta em idades impróprias, contrariando a convicção juvenil de que o cigarro é uma forma de afirmação…

Assim, a Comissão de Tabagismo da Sociedade Portuguesa de Pneumologia associou-se ao maior movimento de jovens a nível nacional, o Corpo Nacional de Escutas (CNE) para lançar um apelo aos mais jovens:

“Larga a chupeta. Fumar é ridículo”, tal é o mote da campanha que desafia jovens fumadores a assumirem uma postura diferente perante o tabaco.

 Aumenta a iniciação do consumo. Apesar de os últimos dados divulgados pela Direção Geral de Saúde revelarem que, em termos absolutos, o número de jovens fumadores dos 15 aos 24 anos diminuiu entre 2005/2006 e 2014, a verdade é que há a registar o aumento da iniciação do consumo, traduzido pela diminuição da prevalência dos “nunca fumadores”, de quase 5 %. Estamos perante jovens que envolvem uma longa faixa etária que a Sociedade Portuguesa de Pneumologia e o Corpo Nacional de Escutas procuram alcançar através de uma campanha transversal a várias idades.

A mensagem é muito simples e direta: fumar é ridículo, tão ridículo quanto usar chupeta em idades impróprias. Sobre esse comportamento, José Pedro Boléo-Tomé, Coordenador da Comissão da Tabagismo da SPP, explica:

“Sabe-se que a maior parte dos jovens inicia o consumo por curiosidade e influência de amigos ou de grupos. Trata-se de uma forma de afirmação e integração em grupos que se querem evidenciar pela ousadia ou rebeldia de fumar. A campanha deste ano não faz mais que ridicularizar o ato de fumar, incutindo nos jovens uma postura de afirmação positiva, dizendo não ao tabaco”.

Intervir junto dos jovens em idade escolar é fundamental, segundo este especialista, questão que é comprovada por um estudo recentemente desenvolvido com o apoio da DGS e que revela que a iniciação tabágica ocorre entre o 7.º e o 9.º ano. No 7.º ano, cerca 70 a 80% dos jovens nunca fumaram um cigarro, uma percentagem que baixa para os 40% no 9.º ano.

A PALAVRA À CNE

A esta campanha associou-se o Corpo Nacional de Escutas, que espera conseguir envolver grande parte dos 72.500 membros deste movimento juvenil que é o maior a nível nacional e mundial. Para Norberto Correia, Chefe Nacional do CNE, “a luta contra o tabagismo é um dever de todos nós, cidadãos. É algo que deve ser encarado como um investimento na formação e qualidade de vida dos jovens de hoje, assim como das gerações futuras”.

Incitando à participação na campanha, em www.facebook.com/corponacionaldeescutas podia ler-se, há dias:

“O fim de semana está a chegar… aproveita e participa na campanha Fumar é Ridículo. Temos 700€ em prémios para oferecer à melhor foto!”

Sabe tudo aqui: http://goo.gl/zc9Nxh e participa!!
‪#‎escutismo ‪#‎largaachupeta

 

Agradecimentos:

Sociedade Portuguesa de Pneumologia – SPP

www.sppneumologia.pt

 

Coordenação:

MLG – Comunicação e Serviços

10563_P1_SPP_DiaMundialSemTabaco

10563_P1_SPP_DiaMundialSemTabaco

10563_P1_SPP_DiaMundialSemTabaco

10563_P1_SPP_DiaMundialSemTabaco

 

 

Contra a tendência dos jovens para se quererem afirmar, fumando, a SPP pretende com esta campanha ridicularizar esse ato, incutindo-lhes a ideia de que, pelo contrário, dizer “não” será de facto uma postura de afirmação positiva

 

 

***

 

NÚMEROS E FACTOS DO TABAGISMO

 

– O Dia Mundial sem tabaco foi criado em 1987 pela Organização Mundial de Saúde (OMS), visando alertar para os malefícios do tabaco e sensibilizar para a necessidade de proteger os fumadores passivos.

– O consumo de tabaco é uma das principais causas de doença e de mortalidade prematura em todo o mundo.

– 6 milhões de pessoas morrem por ano em todo o mundo, por doenças relacionadas com o tabaco, sendo que 600.000 são fumadores passivos.

– O tabagismo é responsável pelo aparecimento de doenças cardiovasculares e respiratórias, sendo na UE o principal fator de risco que se pode prevenir.

– O fumo do tabaco contém mais de 70 substâncias causadores de cancro.

– Mil milhões de pessoas fumam, a nível mundial;

– Os portugueses começam a fumar aos 16 / 17 anos, como idade média.

– 10 a 15 é o número de cigarros que os portugueses consomem, em média, por dia.

– Um fumador que consuma 15 cigarros / dia, gasta em média 1.200 euros / ano.

– 14 anos é a média de anos de vida perdidos pelos fumadores.

– Mil milhões de pessoas fumam, a nível mundial.

– Para 2030, a previsão é de 8 milhões de mortes em todo o mundo relacionadas com o tabagismo.

TOME NOTA!

Na próxima 3ª, dia 31, a CUF Descobertas pretende sensibilizar a população para os malefícios do tabaco, através de uma ação que contará com um simples teste respiratório destinado a fumadores.

Esta entrada foi publicada em Asma. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s