A “CAMADA” QUE TEM O SEU DIA…E QUE O MERECE.

A Camada de Ozono é um escudo gasoso frágil que protege o globo das nocivas radiações solares, preservando a vida na Terra. O Dia internacional sobre a sua preservação, ontem assinalado, tem o objetivo de alertar para a destruição desta camada e procurar soluções para a proteger.

500x500

O ozono (O3) que existe na atmosfera localiza-se essencialmente na estratosfera, entre 10 a 50 Km acima da superfície terrestre, observando-se as maiores concentrações a altitudes de aproximadamente entre 15 e 35 Km, constituindo o que se convencionou chamar a “Camada de Ozono”.

A proteção da Camada de Ozono é fundamental para assegurar a vida na Terra, uma vez que o ozono estratosférico tem a capacidade de absorver grande parte da radiação ultravioleta B (UV-B), radiação solar que pode provocar efeitos nocivos (ou até mesmo letais) nos seres vivos, ameaçando a saúde humana e o ambiente.

Ou seja, quando produzido naturalmente na estratosfera pela ação fotoquímica dos raios ultravioleta sobre as moléculas de oxigénio, o ozono é benéfico.
E, para o ambiente, os perigos resultantes da não preservação da sua camada registam-se, por exemplo, a nível da destruição de colheitas ou desaparecimento de alguns seres vivos, alterando as cadeias alimentares.

COMO PROTEGER A CAMADA DE OZONO
Especialistas afirmam, desde há muito, que para além de causas naturais, as substâncias químicas produzidas pelo homem contribuem de forma esmagadora para a destruição da camada de ozono.
É por isso fundamental que cada cidadão e todos ajudem a preservar essa camada, designadamente garantindo que não estão a utilizar produtos ou equipamentos (por exemplo frigoríficos ou balcões frigoríficos, aparelhos de ar condicionado, extintores de incêndios, inaladores para asmáticos) em cujo fabrico ainda se encontrem substâncias nocivas.

Alguns exemplos de gestos úteis no dia-a-dia:
– Troque as lâmpadas convencionais por fluorescentes compactas;
– Deixe o carro na garagem e ande mais a pé, de bicicleta ou transportes
públicos;
– Recicle o seu lixo… – se ainda não tem este bom “vício”, é fácil apanhá-lo;
– Reduza plásticos e embalagens. Ir às compras? Só com sacos reutilizáveis;
– Não programe o ar condicionado para demasiado quente ou frio…
Reajuste-o, baixando a temperatura 2 graus no Inverno e subindo-a
2 graus no Verão;
– Sabia que uma única árvore absorve uma tonelada de dióxido de carbono
ao longo da sua vida? Conserve-as ou plante uma… É aliás, segundo
a sabedoria popular, um dos 3 atos a cumprir para uma vida completa :);
– Desligue aparelhos eletrónicos que não estiverem a ser usados: poupam-se
milhares de quilos de dióxido de carbono ao fim de um ano;
– Na compra de aerossóis ou espumas, certifique-se de que não têm CFC’ s;
– Em vez de sprays prefira produtos em stick ou roll-on, que são amigos
do ambiente.

***

MAS HÁ TAMBÉM O MAU OZONO…
Quando encontrado na troposfera (a camada mais baixa da atmosfera) o ozono deixa de ser benéfico… Pelo contrário, é responsável pela poluição nos grandes centros urbanos, sendo produzido como produto do fumo gerado por motores de combustão e fábricas geradoras de energia.
Assim, altas concentrações de ozono reagem com material orgânico dentro e fora do corpo. E quando inalado, o ozono pode danificar os pulmões, causar dor no peito, tosse, falta de ar e irritação da garganta. Pode mesmo causar doenças respiratórias crónicas, piorar doenças como a asma e a bronquite e tornar as pessoas mais suscetíveis a infeções respiratórias.

Purificar o ar é preciso!
Os Purificadores de Ar Airfree® são os únicos aparelhos no setor da melhoria da qualidade do ar nos ambientes internos, que reduzem a quantidade deste mau ozono no ar. São até 99% eficientes ao destruir bactérias, vírus, esporos de mofo no ar, alérgenos do ácaro, da poeira e outros poluentes transportados pelo ar, representando um grande aliado no aumento da qualidade de vida das pessoas alérgicas.

***

ORIGEM DA DATA
O Dia Internacional para a Preservação da Camada do Ozono assinala-se a 16 de Setembro, por ter sido neste dia do ano que, em 1987, se assinou o Protocolo de Montreal sobre Substâncias que Prejudicam a Camada de Ozono.
Em dezembro de 1994, a data foi designada pela Assembleia-Geral das Nações Unidas para comemorar este Dia.
E posteriormente, em dezembro de 1999, a Declaração de Pequim, aprovada durante a reunião dos subscritores do Protocolo de Montreal, reafirmou o compromisso de 175 governos, organizações internacionais, indústrias e outros grupos, de conseguirem a eliminação progressiva dos produtos químicos que destroem a camada de ozono da estratosfera.
Desde essa data que os vários países dedicam este dia à promoção de atividades compatíveis com os objetivos do Protocolo de Montreal e das suas alterações.

Esta entrada foi publicada em Asma. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s