PÓLENES EM ALVOROÇO…

Tem sido assim nas últimas semanas… Constantes alertas sobre os elevados níveis de pólenes na atmosfera! polen1

As informações chegam através do Boletim Polínico da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia (SPAIC), que semanalmente divulga os índices de pólenes existentes no ar atmosférico.

Esses índices, obtidos através da leitura de vários postos que fazem uma recolha contínua dos pólenes em diferentes regiões do País, mencionam também quais as árvores “responsáveis” por esses altos níveis. E tanto podem ser os “srs.” Carvalho, Cipreste ou Sobreiro, como a tropical Palmeira e, com muita prevalência nos últimos dias, a bíblica Oliveira…

Pobres árvores, a quem nesta altura se atribui a culpa pelos males da rinite alérgica – que afeta cerca de um terço dos portugueses! Mas é de facto pela sua intensa florescência, logo que o tempo fica mais seco, que se dá este fenómeno da Natureza, a que se chama polinização

pollen3 Assim, porque também nem sempre conhecemos pelo nome as árvores que nos estão mais próximas – e de que é suposto manter distância -, o melhor mesmo é evitar o mais possível as atividades ao ar livre, sobretudo quando as concentrações polínicas forem muito elevadas.

Contra estas manifestações alérgicas – que podem ser do aparelho respiratório (asma e rinite alérgica), dos olhos (conjuntivite alérgica) ou da pele (urticária e eczema) não há grandes medidas a tomar quando fora de casa, a não ser o bom senso e alguma medicação prescrita por especialistas.

Estes, entretanto, sublinham o fator hereditário associado às doenças alérgicas, apontando a percentagem de 25% da probabilidade de filhos de pais alérgicos virem a ter o mesmo problema!

E, sobretudo a poluição nas grandes cidades, em resultado do tráfego automóvel, aumenta também o risco de desenvolver alergias aos pólenes.pollen4

Mas se fora de casa não há muito a fazer nesta época do ano, já dentro de casa é possível contar com o precioso auxílio de um purificador do ar, grande aliado na prevenção e alívio das crises alérgicas.

ONTEM & AMANHÃ…

  • 2012 foi o ano em que se observou um recorde de alergias no Hemisfério Norte!
  • Mas o aquecimento global, com as consequentes mudanças climatéricas, já originou que especialistas a nível mundial antecipem, com referência a contagens de níveis de pólen, que até ao ano de 2040 os atuais valores aumentem para o dobro!

pollen

Contatos a guardar: 

www.spaic.pt – para se manter informado sobre os níveis de pólenes no ar atmosférico;

www.airfree.pt – para ver como respirar ar puro nos espaços internos, através da marca de purificadores do ar mais conhecida em Portugal e em mais de 50 países, um pouco por todo o Mundo.

Esta entrada foi publicada em Alergias Respiratórias, Asma, Polén com as etiquetas , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s